Pular para o conteúdo principal

Mudanças

A vida nos proporciona experiências que vão além dos versos, das canções, da literatura... é algo que vem de dentro, de algum ponto na gente que, de repente nos faz sentir o impacto daquilo que está lutando para "sair" de nós. Não, não é algo como a troca de um olhar ou uma mudança de direção, é mais como mudar as paisagens, pouco a pouco, e só percebermos quando nos é imposto um espelho.
Espera aí! Não é só a imagem de mim mesma que está debilmente alterada, mas tudo em volta está diferente. Então o ponto chave do contexto nem é o espelho, mas são os fatores que produziram as imagens diante dele e, o mais importante é: o espelho sempre esteve no mesmo lugar, mas enquanto estive perdendo tempo não querendo aceitar as divergências, inutilmente, não via a influência que cada situação causou ao absoluto em que interagiu. É, foi preciso mudar de lugar, foi preciso sair da rotina, diversificar os hábitos para perceber que “alguma coisa” simplesmente mudou e isso é irremediável e eu não sei se eu me sinto aliviada ou culpada de ter precisado tanto para que eu pudesse enxergar o que sempre esteve aqui ao meu lado, o fato é: agora eu posso “ver” e só depende de mim o que irei fazer diante disso. Sim, porque a partir do momento em que abri os olhos a estrada se bifurcou diante de mim e, eu posso continuar na rua da “Inércia”, onde tudo acontece, mas nada muda e as contradições são meras coincidências do acaso...
Estive caminhando por essa rua há um longo tempo e vejo que as sementes que joguei pela estrada (se é que eu tenha mesmo semeado) não nasceram, porque na Inércia nada cresce, nada ganha vida e, tudo se resume à meras tentativas frustradas restritas a um padrão incoerente. ‘Nada, absolutamente nada, sai do lugar’, nem mesmo eu, que “caminhei” por tantos verões, cheguei a algum lugar. Se eu quiser eu posso continuar “tentando” e tentando e tentando... mas a Inércia só irá levar aos mesmos padrões e medos, às mesmas desilusões, às mesmas decepções... ela é um círculo constante de fracassos.
Existe agora um escape pela rua da “Ousadia”. Sim, ser ousado, a princípio, a mudar de caminho, mudar de direção e de conceitos. A Ousadia não nos propõe só a “concertar os erros”, mas a jogar o caderno inteiro fora e recomeçar, quantas vezes for preciso. Não é reaproveitar antigas teorias, mas abandonar tudo e reformular até mesmo as perguntas que levam a busca do inevitável. Ela permite abrir as portas, não sem medo do que pode haver no outro lado, mas com coragem para fechar novamente a porta e sair correndo se for preciso. A Ousadia se realiza no desconhecido, ela deseja novas conquistas e aproveita as oportunidades que lhe é imposta, porque se as sementes não brotaram, talvez seja a hora de mudar as flores.
A Ousadia encanta, mas exige desesperadamente a persistência no caminho ousado e cheio de obstáculos que se decidiu trilhar, mas a grande diferença entre os dois caminhos é que a maior parte da rua da Ousadia temos que andar sozinhos, na contramão dos que estão “voltando à Inércia e, muitas e muitas vezes estes tentarão nos deter. Serão muitos os que irão criticar e poucos os que ajudarão vencer os obstáculos. As circunstâncias que aprisiona-nos na Inércia ficarão mais densas, mais ardis quando a sede de mudança crescer. Os ventos, os ecos, os fantasmas de nós mesmos tentarão impedir e farão de tudo para que não passe de mais uma tentativa frustrada. É... nessa hora que muitos abandonam todos os sonhos, destituem de todas as forças e voltam a vagar ante o abismo das incertezas. Mas quando tudo começa a falhar, quando as ameaças da vida passam a ser reais e quando o medo passa a tomar conta de cada pulsar dentro do peito... essa hora indica que talvez seja a hora de mudar, de arriscar tudo em outra direção.

Comentários

  1. Mas é tão complicado mudar. Acho que é por isso que o mundo está como está. Muitas pessoas sentem essa necessidade de mudar, e de fazer algo para melhorar a própria vida, mas é muito mais fácil assumir ser hipócrita, colocar uma máscara de felicidade sobre muitas coisas ruins, e continuar na mesmisse de sempre.

    ResponderExcluir
  2. que texto maravilhoso , me deleitei lendo-o .
    parabéns , continue assim !
    vi na comu do orkut, veja lá dps :
    www.bellanoblogg.blogspot.com ;D

    ResponderExcluir
  3. me debruçei em sua obra de arte!! parabéns!!
    visite: http://acaoeartehqs.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Parece que o texto foi escrito por mim. Vc conseguiu passar exatamente e com clareza sentimentos meus. Colocações excelentes. parabéns

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o texto, bem claro. Parabéns!

    []'s
    blog.avoado.com

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o seu texto!!!
    Vivemos em constante mutação.
    E devemos sim avaliar e mudar sempre que for necessário

    ResponderExcluir
  7. Mudar faz parte da existência humana e nem sempre é algo fácil, belo texto de verdade.

    Desde já seguindo, sucesso!

    ResponderExcluir
  8. As mudanças são assim, quando menos nos damos conta elas acontecem. As vezes no pegam de surpresa pelo que somos no momento, e outras pelo que fomos.

    Você escreve de um jeito bem gostoso de ler. Parabéns!



    visite: http://fernandaamylice.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Muito bem escrito, e ótimas escolhas de palavras. Mudanças, no meu caso, são terríveis. Eu odeio mudar. Mas depois de um tempo só a gente vê que sempre tem algo bom nelas. De alguma forma a gente sempre evolui com elas. "O que você está disposta a perder pra ter aquilo que você mais quer?"

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Todos os comentários são de responsabilidade individual e não representam a opinião da autora do blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Cinema: Estreias Imperdíveis de 2014

Por: Carol Turck Não faz tanto tempo que o ano de 2014 começou e mesmo assim já temos uma lista enorme de excelentes filmes que já estrearam nos cinemas este ano, como O Lobo de Wall Street, A Menina que Roubava Livros, Trapaça e diversos outros. Mas como ainda temos vários meses pela frente, também ainda temos várias estreias imperdíveis para não nos fazer desgrudar da poltrona do cinema este ano. Confira abaixo alguns dos filmes mais aguardados e que você não pode perder: O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro (The Amazing Spider-Man 2) A sequência do herói Homem-Aranha irá rechear a tela de vilões: Jamie Foxx será o principal deles, no papel de Electro, mas também Paul Giamatti, Dane DeHaan e Chris Cooper darão vida a Rhino, Duende Verde e Norman Osborn, respectivamente. A estreia será em 2 de maio. Godzilla O famoso lagarto gigante japonês está de volta ao cinema neste remake norte-americano. O elenco trará o premiado ator Brya

Top 10 - Guitarristas e suas Guitarras

Nenhum outro instrumento musical tem o poder de enlouquecer a cabeça de jovens quanto a guitarra. Aprimorada por Les Paul em 1940, quando criou um sistema de bobinas capaz de captar o som das cordas em um corpo sólido de madeira, a guitarra encontrou no rock n’ roll seu maior gênero e, desde os anos 1950, tem criado lendas do estilo e também do instrumento. Guitarristas como Jimi Hendrix, Tony Iommi, Jimmy Page, Eddie Van Halen, entre outros, eternizaram suas guitarras, fazendo marcas e modelos virarem verdadeiros ícones do rock, não só pela guitarra em si, mas pelo que foram, e alguns ainda são, capazes de fazer com elas. Dentre esses, escolhi os dez melhores guitarristas que, na minha opinião, são as melhores lendas do rock, junto com sua guitarra: 1º Jimi Hendrix 2º Edie Van Halen 3º Angus Young 4º Jimmy Page 5º Joe Satriane 6º Eric Clapton 7º  Steve Vai 8º Keith Richards 9º Les Paul 10º Kirk Hammet É claro que escolher ape

Continuum - Série (Ficção Científica)

Se tem algo que vira mania fácil fácil é seguir uma série na TV. Quando o assunto é interessante, logo nos pegamos inebriados por seu conteúdo e fuçando a internet, até chegar o dia da exibição do próximo capítulo, para procurar deduções à respeito. Quem é como eu, que não gosta de "baixar" os capítulos para assistir, e prefere aguardar as exibições legais (nada contra quem baixa), sabe do que estou falando. É quase uma tortura a ansiedade. No último dia 15, sexta feira, estreou no Canal Space , a série Continuum, que possui grande potencial para se tornar um sucesso imediato. A série canadense, que aborda o tema de ficção científica, foi produzida pela Reunion Pictures Inc. e está na 2ª temporada originalmente, no entanto, para o Brasil, estreou com elevada pontuação de IBOPE, somente este mês. A trama discorre sobre um grupo de terroristas do ano 2077 que, através da alta tecnologia, escapam da execução viajando no tempo para o ano de 2012. Acidentalmente, uma oficial da le