Frívolo

Por quê teus olhos me afetam tanto?
e teu cheiro me persegue
em ventos brandos
em sonhos mansos?
Por quê teu silêncio me incomoda?
e teu sorriso me espreita
em canções vazias
e amargas poesias?
Por quê você simplesmente não vai embora
não se esmorece em minha memória
em sentimentos frívolos
e se esconde em símbolos?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre: Escrevendo coisas novas no blog

Uma carta na brisa para meu terapeuta (ou será para meu amigo)

Os Cavaleiros do Zodíaco - Cavaleiros de Bronze