Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2020

Destaque

Tic...tac...

Sabe quando no meio do dia você lembra de algo de muito tempo atrás...  é como se alguém apertasse o botão do pause e, embora a vida segue, o silêncio soa mais alto.  Sabe quando esta lembrança te paralisa de forma tão imediata que, tudo, absolutamente tudo perde o sentido repentinamente.... Sabe quando seus olhos se inundam, te falta o ar, some sua voz... assim no meio do dia, ou em uma noite vazia e tudo aquilo que você faz questão de deixar adormecido explode dentro de você.  A foto na estante é tão vazia que você não consegue olhar pra ela e todas as lembranças do que foi e do que poderia ter sido explodem em um caleidoscópio em sua mente...  Você não consegue mais olhar as fotos...  e as lágrimas caem pesadas dos seus olhos porque você não consegue as conter.  E você lembra e relembra  e cada nota da canção que insiste em tocar é o tom da voz que não sabe mais como ouvir... E você lembra...  perdendo todos os seus passos sem rumo em um horizonte que n

O Construtor de Pontes - Markus Zusak

O Construtor de Pontes... este é o nome do livro que eu levei quase 2 meses para ler. Quando saiu o livro, logo comprei, porque eu gosto do autor, Markus Zusak, porque a capa é linda e porque, intimamente, associei aos outros dois livros de Zusak que li, A Menina que Roubava Livros e Eu Sou o Mensageiro. E você deve estar pensando: se eu queria o livro, porque demorei tanto para ler suas poucas 528 páginas? Isto é simples: eu não queria acabar!  A história é contada por um dos intrigantes "garotos Dumbar" em primeira pessoa, mas é sobre outro, dos cinco irmãos. É sobre amor, é sobre morte, é sobre vida... Zusak tem esse jeito de escrever que contagia, um dom de contar uma história inteira, seja triste ou não, cantando, declamando uma poesia, sussurrando página a página em nosso ouvido de uma forma que nem é preciso muito para imaginar toda a cena, com os mínimos detalhes, as cores, os cheiros, os sabores. Zusak tem esse jeito dramático, tenso e arrebatador de falar