Pular para o conteúdo principal

Carnaval (Não Faz Minha Cabeça)

Carnaval (Não Faz Minha Cabeça)
Ao contrário do que muitos pensam (e dizem) o carnaval não é uma festa brasileira. A festa se originou na Grécia, por volta dos anos 600 a.C como uma forma de cultuar os deuses do solo e da produção. Posteriormente a igreja católica adotou as festividades por serem regidas pelo calendário lunar cristão e que marcavam um período de "adeus a carne", em que a agricultura ficava sobressalente, enquanto deixavam os animais "descansarem", fazendo-se então uma grande comemoração com festejos populares de acordo com seus costumes, para indicar tal transposição. Todos os feriados eclesiásticos são calculados em função da data da Páscoa , com exceção do Natal. A páscoa ocorre no primeiro domingo após a primeira lua cheia do equinócio da primavera (no hemisfério norte) ou do equinócio do outono (no hemisfério sul) e a sexta-feira da paixão é a que antecede o domingo de páscoa, então a terça-feira de carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa.

O carnaval moderno com desfiles e fantasias é produto da sociedade vitoriana no século dezenove sendo que Paris foi uma das principais inspiradoras para esse modelo de comemoração. Somente em meados do século vinte que o Rio de Janeiro criou e exportou para o mundo o modelo atual regido por desfiles de escolas de sambra em uma "competição". Hoje, o Rio está no Guines Books como o maior carnaval do mundo, mas, infelizmente, não foi isso que deu ao país o título de país do carnaval, já que tal "apelido" surgiu anos depois com a ideia de turismo sexual presente e crescente no país, principalmente nas épocas de carnaval.

Cristãos católicos são os que mais agregam a festa por se tratar de algo divulgado em sua religião, o que não se divulgam é o culto à deuses pagãos como a deusa Momo, que representa nada menos que "Reclamona". O interessante é que transformaram a deusa (da mitologia grega) em um "rei" no período das festas, provavelmente na Espanha (a história não é muito certa quanto a isso) para caracterizar os sete pecados capitais. 

Hoje, podemos observar que os sete pecados representados pelo "rei do carnaval" não apenas é permitido durante a festa, como também difundido. As pessoas se permitem à um período de libertinagem e propiciação de pecados para no quinto dia se arrepender. Cada vez mais o capitalismo e as insanidades humanas criam um ambiente de "liberdade" mascarada por desejos e atitudes infames, pouca punição e descontrole levando o sacrifício de suas próprias crenças pelo prazer de ser "mundano". 

Sempre abominei o culto a mais de um deus, cresci em um ambiente teísta e cuidadosamente me informando sobre o significado religioso por trás de cada prática, visando não sacrificar minha crença. Crer por crer, somente, é mais repugnante do que não crer em nada. Por outro lado, a festa se tornou um ritual de músicas podres, e não me refiro ao samba ou às marchinhas, e uma obrigação da presença de algo descaracterizado e exageradamente voltado para a sexualidade torando uma alienação e um movimento anti-cultural, propagando a libertinagem espiritual e física. Os outros problemas que surgem nessa época, como acidentes, overdoses, estupros, assassinatos, são só consequências da desconscientização em massa.

Comentários

  1. Nossa realmente é impressionante, a verdade por trás dessa festa tão péssima. Odeio carnaval, acho uma dissimulação em massa a quebra de regras morais e de valores. Estou seguindo seu blog, gostei muito do seu cantinho.
    Eu escolhi seu blog para participar do meu projeto 365 blogs em 365 dias. Caso queira participar é só você levar o banner lá no cantinho do meu blog e fazer uma referência de quem indicou o projeto. Volto para mostrar o link de indicação do seu blog para minhas leitoras.
    Beijinhos.
    Convido você a visitar meus dois blogs:
    Justo eu?
    Universo feminino, beleza – maquiagem- moda
    Livro com Cappuccino
    Universo literário, resenhas de livros-textos-autores

    ResponderExcluir
  2. Olá Marcela! Realmente, compartilho do seu ponto de vista. O Carnaval, como é conduzido, leva o ser humano a alguns atos um tanto quanto degradantes. Fico triste em pensar que tantas pessoas, por algumas horas de libertinagem e prazer, podem arruinar o resto da suas vidas, com por exemplo a gravidez indesejada, dsts e acidentes... Acho ótimo ver que cada vez mais as pessoas se conscientizam do que é o carnaval.

    Escrevi um texto também com um ponto de vista semelhante, procurando soluções para um carnaval mais saudável. Obrigado por esse excelente post.
    Seria um prazer receber sua visita e ser lido por você:

    http://tocalar.blogspot.com.br/2014/02/o-que-pensar-do-carnaval.html

    ResponderExcluir
  3. Interessante. Opinião baseada em fatos e pesquisa séria.
    Mas tudo tem os 2 lados, correto?
    Vejo coisas boas e ruins no Carnaval... Fantasias inocentes e diversão de crianças e idosos, por exemplo, são pontos bons, mas tem gente que não sabe divertir ou até mesmo paquerar tranquilamente e acaba arranjando briga, confusão e atrapalhando uma festa que poderia ser boa...
    Quanto às questões "podres" por trás, de jogos de interesse, dinheiro, libertinagem, etc... bem, claro que são coisas muito ruins e tristes...

    ResponderExcluir
  4. Bom dia.Marcela,também não faz a minha.:O).Muito interessante o que publicastes sobre o carnaval. Muito informativo e esclarecedor.
    Tenhas um ótimo domingo.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia.Marcela também faz a minha:O).Parabéns pela publicação que postastes.
    Muito informativa e esclarecedora.
    Tenhas um ótimo domingo.
    Abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Todos os comentários são de responsabilidade individual e não representam a opinião da autora do blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Cinema: Estreias Imperdíveis de 2014

Por: Carol Turck Não faz tanto tempo que o ano de 2014 começou e mesmo assim já temos uma lista enorme de excelentes filmes que já estrearam nos cinemas este ano, como O Lobo de Wall Street, A Menina que Roubava Livros, Trapaça e diversos outros. Mas como ainda temos vários meses pela frente, também ainda temos várias estreias imperdíveis para não nos fazer desgrudar da poltrona do cinema este ano. Confira abaixo alguns dos filmes mais aguardados e que você não pode perder: O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro (The Amazing Spider-Man 2) A sequência do herói Homem-Aranha irá rechear a tela de vilões: Jamie Foxx será o principal deles, no papel de Electro, mas também Paul Giamatti, Dane DeHaan e Chris Cooper darão vida a Rhino, Duende Verde e Norman Osborn, respectivamente. A estreia será em 2 de maio. Godzilla O famoso lagarto gigante japonês está de volta ao cinema neste remake norte-americano. O elenco trará o premiado ator Brya

Continuum - Série (Ficção Científica)

Se tem algo que vira mania fácil fácil é seguir uma série na TV. Quando o assunto é interessante, logo nos pegamos inebriados por seu conteúdo e fuçando a internet, até chegar o dia da exibição do próximo capítulo, para procurar deduções à respeito. Quem é como eu, que não gosta de "baixar" os capítulos para assistir, e prefere aguardar as exibições legais (nada contra quem baixa), sabe do que estou falando. É quase uma tortura a ansiedade. No último dia 15, sexta feira, estreou no Canal Space , a série Continuum, que possui grande potencial para se tornar um sucesso imediato. A série canadense, que aborda o tema de ficção científica, foi produzida pela Reunion Pictures Inc. e está na 2ª temporada originalmente, no entanto, para o Brasil, estreou com elevada pontuação de IBOPE, somente este mês. A trama discorre sobre um grupo de terroristas do ano 2077 que, através da alta tecnologia, escapam da execução viajando no tempo para o ano de 2012. Acidentalmente, uma oficial da le

Top 10 - Guitarristas e suas Guitarras

Nenhum outro instrumento musical tem o poder de enlouquecer a cabeça de jovens quanto a guitarra. Aprimorada por Les Paul em 1940, quando criou um sistema de bobinas capaz de captar o som das cordas em um corpo sólido de madeira, a guitarra encontrou no rock n’ roll seu maior gênero e, desde os anos 1950, tem criado lendas do estilo e também do instrumento. Guitarristas como Jimi Hendrix, Tony Iommi, Jimmy Page, Eddie Van Halen, entre outros, eternizaram suas guitarras, fazendo marcas e modelos virarem verdadeiros ícones do rock, não só pela guitarra em si, mas pelo que foram, e alguns ainda são, capazes de fazer com elas. Dentre esses, escolhi os dez melhores guitarristas que, na minha opinião, são as melhores lendas do rock, junto com sua guitarra: 1º Jimi Hendrix 2º Edie Van Halen 3º Angus Young 4º Jimmy Page 5º Joe Satriane 6º Eric Clapton 7º  Steve Vai 8º Keith Richards 9º Les Paul 10º Kirk Hammet É claro que escolher ape