Pular para o conteúdo principal

Xadrez - Inteligência, Lógica e Arte

Xadrez - Inteligencia, Lógica e Arte
Matemática, arte, lógica, ciência, história, literatura... parece até um quadro de horários de um estudante, mas na verdade trata-se do "Xadrez". Um jogo de tabuleiro criado em uma época imprecisa, capaz de despertar as percepções humanas para as áreas citadas acima. As regras são complicadas, em suma, mas todo jogador, mesmo que amador, já se encantou com as capacidades que conseguem desenvolver diante do campo de batalha mais famoso do mundo. Reino contra reino... não ha vantagens, não há delongas, embora alguns estatísticos afirmam que o jogador das peças brancas tem alguma vantagem sobre o oponente. Isso porque as peças brancas sempre começam o jogo.

Diz a lenda indiana, de onde vem o jogo (apesar que há algumas controvérsias sobre) que uma vez um rajá estava muito deprimido ao perder seu filho para a guerra, então um brâmane apresentou ao rajá um tabuleiro com sessenta e quatro casas quadriculadas em branco e preto e diversas peças que representavam a infantaria, a cavalaria, os carros de combate, os condutores de elefantes, o principal vizir e o próprio rajá, dizendo que a distração traria conforto e paz de espírito, dando ao rajá a cura para sua depressão. Isso de fato ocorreu então o rajá insistiu para que o brâmane aceitasse uma recompensa, ao que, com "humildade" pediu "apenas" um grão de trigo para a primeira casa do tabuleiro e que dobrasse a cada casa. O rajá mandou que pagasse imediatamente, mas ao se fazer os cálculos foi constatado que seria impossível pagar ao brâmane a recompensa pedida. Impressionado com a inteligência do brâmane, o rajá o convidou para ser o principal vizir do reino, sendo perdoado pelo brâmane de sua grande dívida em trigo. 

Com o passar do tempo, o jogo foi desbravando reinos e tornava-se cada vez mais famoso entre as realezas, sendo que, em algumas épocas o ensino do xadrez era obrigatório entre a nobreza e quem manipulava bem as peças era convidado para fazer parte de conselhos reais pela desenvoltura, raciocínio e inteligencia. É claro que esta prática dava-se apenas entre aqueles já cotados para os "cargos" uma vez que os plebeus não tinha se quer a chance de conhecer o jogo.

Xadrez - Inteligencia, Lógica e Arte

Luis de Lucena, um sacerdote, escreveu a primeira obra sobre o assunto, contendo um conjunto de regras e estratégias para o jogo. Mais tarde, surgiram outras obras, portuguesas, italianas, espanholas... cada uma apresentando uma estratégia diferente e um raciocínio evidente da movimentação das peças. O sucesso foi estrondoso e logo já haviam clubes e entidades de xadrez. 

Em 1851, em Londres, o alemão Adolf Anderssen venceu o primeiro campeonato de xadrez, tornando-se o melhor jogador do mundo. Seu estilo enérgico e brilhante tornou-o muito popular e suas partidas repletas de sacrifícios, tais como a imortal ou a sempreviva, foram consideradas como as mais altas realizações da arte enxadrística. A Imortal é citada por alguns autores como a mais famosa partida da história do enxadrismo.

Mais tarde o jogo e as peças de xadrez tornaram-se inspirações para sermões filosóficos e religiosos, inspiraram artes e matemáticos, por exemplo, a descobrir se um cavalo poderia percorrer todo o tabuleiro lançou-se um desafio matemático mundial. Enfim, quase todas as áreas já realizou algum estudo sobre a influencia dos jogos de xadrez no comportamento e raciocínio humano, no que diz respeito a muitas ciências. 
O jogo de xadrez não é meramente um divertimento ocioso; diversas e muitas valiosas qualidades da mente, úteis no decurso da vida humana, são adquiridas e fortalecidas por meio dele, de modo a tornarem-se hábitos preparados para todas as ocasiões; pois a vida é uma espécie de xadrez, na qual temos pontos a ganhar e competidores ou adversários a enfrentar, e na qual existe uma ampla variedade de acontecimentos bons e maus, que são, em certo grau, os efeitos da prudência ou a falta dela.
Benjamin Franklin,in The Morals of Chess(1779)
Durante este mês, agosto, em  Brasilia, ocorre o 53º Festival de Xadrez Nacional, no Shopping Pátio Brasil, trazendo o mês inteiro de várias competições e disputas amistosas entre os amadores do jogo, além de uma belíssima exposição com a história do jogo e do festival. Quem estiver por perto, vale a pena dar uma conferida.

Xadrez - Inteligencia, Lógica e Arte

Comentários

  1. Xadrez é legal pena que nunca aprendi a jogar..Mais acho mt legal é otimo para a mente
    obrigada por visita meu blogger
    http://contosdagarotameroko.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Xadrez é um jogo esplêndido de estratégia... Lendo este post, estou pensando seriamente em me dedicar! Parabéns pela matéria!
    http://rocknorio80.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu passava horas e horas jogando. Era algo que eu realmente curtia fazer. Ainda gosto muito, o que me falta é tempo...

      Obrigada pela visita.

      Excluir

Postar um comentário

Todos os comentários são de responsabilidade individual e não representam a opinião da autora do blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Cinema: Estreias Imperdíveis de 2014

Por: Carol Turck Não faz tanto tempo que o ano de 2014 começou e mesmo assim já temos uma lista enorme de excelentes filmes que já estrearam nos cinemas este ano, como O Lobo de Wall Street, A Menina que Roubava Livros, Trapaça e diversos outros. Mas como ainda temos vários meses pela frente, também ainda temos várias estreias imperdíveis para não nos fazer desgrudar da poltrona do cinema este ano. Confira abaixo alguns dos filmes mais aguardados e que você não pode perder: O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro (The Amazing Spider-Man 2) A sequência do herói Homem-Aranha irá rechear a tela de vilões: Jamie Foxx será o principal deles, no papel de Electro, mas também Paul Giamatti, Dane DeHaan e Chris Cooper darão vida a Rhino, Duende Verde e Norman Osborn, respectivamente. A estreia será em 2 de maio. Godzilla O famoso lagarto gigante japonês está de volta ao cinema neste remake norte-americano. O elenco trará o premiado ator Brya

Continuum - Série (Ficção Científica)

Se tem algo que vira mania fácil fácil é seguir uma série na TV. Quando o assunto é interessante, logo nos pegamos inebriados por seu conteúdo e fuçando a internet, até chegar o dia da exibição do próximo capítulo, para procurar deduções à respeito. Quem é como eu, que não gosta de "baixar" os capítulos para assistir, e prefere aguardar as exibições legais (nada contra quem baixa), sabe do que estou falando. É quase uma tortura a ansiedade. No último dia 15, sexta feira, estreou no Canal Space , a série Continuum, que possui grande potencial para se tornar um sucesso imediato. A série canadense, que aborda o tema de ficção científica, foi produzida pela Reunion Pictures Inc. e está na 2ª temporada originalmente, no entanto, para o Brasil, estreou com elevada pontuação de IBOPE, somente este mês. A trama discorre sobre um grupo de terroristas do ano 2077 que, através da alta tecnologia, escapam da execução viajando no tempo para o ano de 2012. Acidentalmente, uma oficial da le

Top 10 - Guitarristas e suas Guitarras

Nenhum outro instrumento musical tem o poder de enlouquecer a cabeça de jovens quanto a guitarra. Aprimorada por Les Paul em 1940, quando criou um sistema de bobinas capaz de captar o som das cordas em um corpo sólido de madeira, a guitarra encontrou no rock n’ roll seu maior gênero e, desde os anos 1950, tem criado lendas do estilo e também do instrumento. Guitarristas como Jimi Hendrix, Tony Iommi, Jimmy Page, Eddie Van Halen, entre outros, eternizaram suas guitarras, fazendo marcas e modelos virarem verdadeiros ícones do rock, não só pela guitarra em si, mas pelo que foram, e alguns ainda são, capazes de fazer com elas. Dentre esses, escolhi os dez melhores guitarristas que, na minha opinião, são as melhores lendas do rock, junto com sua guitarra: 1º Jimi Hendrix 2º Edie Van Halen 3º Angus Young 4º Jimmy Page 5º Joe Satriane 6º Eric Clapton 7º  Steve Vai 8º Keith Richards 9º Les Paul 10º Kirk Hammet É claro que escolher ape