Pular para o conteúdo principal

Onze de Julho - paralisageral

O Brasil voltará às ruas! É o que promete as chamadas em redes sociais e mobilizações por todo território nacional para este dia 11. 
O povo está indignado porque nada está sendo feito, como se todo o esforço da população em chamar a atenção, por vários dias em junho, fosse totalmente em vão. Houve promessas, mas as atitudes não aparecem. 
No facebook, a maior rede social da atualidade, páginas como a Anonymous Brasil, Acorda Brasil e Movimento Contra a Corrupção, entre outras, estão aguçando e mobilizando a sociedade para fazer o que chamam de "a maior paralisação nacional" para cobrar os resultados prometidos e novamente reafirmar os pontos que ainda não foram sequer comentados pelo plenário.

A Força Sindical confirmou que 11 estados irão aderir a greve nacional, e outros estarão se reunindo ainda hoje para decidir se vai ou não aderir a greve, outras 6 centrais sindicais também estão envolvidas na organização das paralisações criando pautas com reivindicações e denúncias.

Com o apoio dos sindicatos, a paralisação tem muito mais chance de ser um sucesso, ao contrário do movimento criado em primeiro de julho que, por ter sido apenas um motim do povo, não obteve nenhum resultado. A expectativa agora é outra, embora circulam rumores que a população esfriou e que, com o fim da copa das confederações, as manifestações também se findaram. 

Como já disse, eu sou totalmente a favor ao movimento. Sinto-me orgulhosa de ver o país inteiro se revoltar contra o oportunismo e a salada política nacional e agora, com o apoio, meio que tardio, dos sindicatos, acredito que haverá mais uma razão para todos darem um grito de basta e retomar as rédeas da nação. 

É interessante observar que tem se falado muito em reforma política que "é o nome dado ao conjunto de propostas de emendas constitucionais e revisões da lei eleitoral com fins de tentar melhorar o sistema eleitoral nacional, proporcionando, segundo seus propositores, maior correspondência entre a vontade do eleitor ao votar e o resultado final das urnas". Já tivemos propostas (e promessas) de realizar essa reforma diversas vezes, em 1992, 1997, 2005 e 2011 são alguns exemplos, mas nunca ocorreram de fato jamais deixando de ser um mero projeto. Agora, com todo esse barulho do povo, a presidente propõe novamente realizar tal reforma, solicitando para isso um plebiscito (convocação dos cidadãos que, através do voto, podem aprovar ou rejeitar uma questão importante para o país. Ou seja, o plebiscito é um mecanismo democrático de consulta popular, antes da lei ser promulgada) que custará, em média, 11 milhões aos cofres públicos, por se tratar de uma reforma política, não é um meio viável de consultar a população, além disso, muitos dos votantes podem não "entender" as questões propostas no plebiscito manipulando assim o voto pela falta de conhecimento político. Já o referendo (instrumento da democracia semidireta por meio do qual os cidadãos eleitores são chamados a pronunciar-se por sufrágio direto e secreto, a título vinculativo, sobre determinados assuntos de relevante interesse à nação) seria o ideal nessa situação, pois primeiro os parlamentares criam as leis da reforma e depois o povo viabiliza, ou não, através da manifestação democrática. Acontece que, apesar da câmara ter enterrado a ideia, o governo ainda insiste nessa reformulação. Acredito eu que não passa de mais uma jogada política para enganar e manipular o povo que, em suma, não saberia exatamente em que estaria votando e digo ainda que esse deveria ser um dos temas que a classe trabalhadora deveria levantar, pois não adianta sermos ouvidos apenas para repetir o que o governo quer.

Comentários

  1. Na Espanha, fai dois anos apareceran varios movementos de indignados como o 15M, Democracia Real, etc. De seguido os partidos políticos clásicos quisseron apoderarse das suas iniciativas, muito barulho nas ruas e na imprensa, mais nada mudou e seguen os mesmos de sempre, que sao auténticos profissionais da política. Gostaría que no Brasil fosse diferente. Um abraço e adiante a luta contra a corrupçao e pela dignidade política.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente essa luta ainda precisa de grandes lutadores. O povo se cala diante das migalhas do governo...
      mas ainda tenho fé no país...

      Excluir
  2. Ainda tô esperando essa paralisação...

    ResponderExcluir
  3. Aqui onde estou morando não deu nada, mas em cidades próximas pararam as BRs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é. aqui também não deu muita coisa.
      infelizmente o Brasil não leva a luta à sério.

      Excluir

Postar um comentário

Todos os comentários são de responsabilidade individual e não representam a opinião da autora do blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Cinema: Estreias Imperdíveis de 2014

Por: Carol Turck Não faz tanto tempo que o ano de 2014 começou e mesmo assim já temos uma lista enorme de excelentes filmes que já estrearam nos cinemas este ano, como O Lobo de Wall Street, A Menina que Roubava Livros, Trapaça e diversos outros. Mas como ainda temos vários meses pela frente, também ainda temos várias estreias imperdíveis para não nos fazer desgrudar da poltrona do cinema este ano. Confira abaixo alguns dos filmes mais aguardados e que você não pode perder: O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro (The Amazing Spider-Man 2) A sequência do herói Homem-Aranha irá rechear a tela de vilões: Jamie Foxx será o principal deles, no papel de Electro, mas também Paul Giamatti, Dane DeHaan e Chris Cooper darão vida a Rhino, Duende Verde e Norman Osborn, respectivamente. A estreia será em 2 de maio. Godzilla O famoso lagarto gigante japonês está de volta ao cinema neste remake norte-americano. O elenco trará o premiado ator Brya

Top 10 - Guitarristas e suas Guitarras

Nenhum outro instrumento musical tem o poder de enlouquecer a cabeça de jovens quanto a guitarra. Aprimorada por Les Paul em 1940, quando criou um sistema de bobinas capaz de captar o som das cordas em um corpo sólido de madeira, a guitarra encontrou no rock n’ roll seu maior gênero e, desde os anos 1950, tem criado lendas do estilo e também do instrumento. Guitarristas como Jimi Hendrix, Tony Iommi, Jimmy Page, Eddie Van Halen, entre outros, eternizaram suas guitarras, fazendo marcas e modelos virarem verdadeiros ícones do rock, não só pela guitarra em si, mas pelo que foram, e alguns ainda são, capazes de fazer com elas. Dentre esses, escolhi os dez melhores guitarristas que, na minha opinião, são as melhores lendas do rock, junto com sua guitarra: 1º Jimi Hendrix 2º Edie Van Halen 3º Angus Young 4º Jimmy Page 5º Joe Satriane 6º Eric Clapton 7º  Steve Vai 8º Keith Richards 9º Les Paul 10º Kirk Hammet É claro que escolher ape

Continuum - Série (Ficção Científica)

Se tem algo que vira mania fácil fácil é seguir uma série na TV. Quando o assunto é interessante, logo nos pegamos inebriados por seu conteúdo e fuçando a internet, até chegar o dia da exibição do próximo capítulo, para procurar deduções à respeito. Quem é como eu, que não gosta de "baixar" os capítulos para assistir, e prefere aguardar as exibições legais (nada contra quem baixa), sabe do que estou falando. É quase uma tortura a ansiedade. No último dia 15, sexta feira, estreou no Canal Space , a série Continuum, que possui grande potencial para se tornar um sucesso imediato. A série canadense, que aborda o tema de ficção científica, foi produzida pela Reunion Pictures Inc. e está na 2ª temporada originalmente, no entanto, para o Brasil, estreou com elevada pontuação de IBOPE, somente este mês. A trama discorre sobre um grupo de terroristas do ano 2077 que, através da alta tecnologia, escapam da execução viajando no tempo para o ano de 2012. Acidentalmente, uma oficial da le