Poemas


"Eu e meus poemas
estamos em silêncio.
A inspiração desapareceu.
Os papéis em branco,
estão em prantos.
Sobre a mesa jaz a pena,
sem vida...
Rascunhos antigos
denunciam, que ela
já teve seus momentos
de glória.
Isso é passado,
hoje a poesia está de luto."

(Sandra Ribeiro)

Postar um comentário

4 Comentários

  1. E eu to morrendo de saudades de vc. Esse flagelo me consome a inspiração.

    Greve, grave, grave, groove.

    Me recuso. Me sepulto. Me desfaço.

    Duvida?

    ResponderExcluir
  2. Nossa.. as vezes eu sinto isso. Porisso demoro um pouco pra postar.
    Não consigo sentar PARA escrever...
    Acontece!

    Otimo texto... beijoss!

    ResponderExcluir
  3. Comigo tbm acontece assim ...
    Me sobra a vontade de escrever mas me falta a inspiração quando dou por mim estou parada segurando a folha em branco com uma enorme vontade de borra-las com minhas asneiras mas a inspiração não vem e o que me resta é só a vontade ...

    http://brunnylove.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Nossa,tinha me esquecido o quando a SR escrevia coisas que falam profundamente comigo. =)

    ResponderExcluir

Todos os comentários são de responsabilidade individual e não representam a opinião da autora do blog.